Grupo de Extensão ExtraMUROS

O Lep ExtraMuros tem como farol a Extensão universitária que se situa fora dos muros da Universidade, buscando dialogar com a cidade e seus diversos territórios, compreendendo junto com diferentes agentes produtores do espaço, demandas e experiências que possam ser fortalecidas e estimulando o entendimento de uma universidade pública popular. Nossa prática extensionista busca trazer demandas que emergem da cidade para dentro das nossas reflexões, bem como levando as reflexões elaboradas dentro do curso para a cidade, cumprindo assim uma ação de mão dupla: da Universidade para a sociedade e da sociedade para a Universidade, onde os atores sociais que participam das ações também contribuem com a produção do conhecimento.

PRODUÇÃO

AVISO IMPORTANTE: A consulta dos materiais aqui publicados é somente para uso pessoal, científico e não comercial. Esta reserva de direitos contempla a todos os dados constantes nesse site. Na utilização ou citação de partes de quaisquer documentos, é obrigatório referenciar o/a autora/a do trabalho.

Filtros:

ANO:

BUSCAR POR AUTOR(A):

PESQUISAS

SITUAÇÃO:

ANO DE CONCLUSÃO:

PUBLICAÇÕES

Tese de Doutorado
Em andamento
Marcones Oliveira Barboza
“Ô, Josué!”: A necropolítica na ausência de políticas públicas e as culturas populares como possibilidade de uma formação sociopolítica em prol do direito à cidade

Iniciada em 2021, a tese tem como hipótese que a ausência de políticas públicas representa um projeto geopolítico que consiste em manter as cidades excludentes para a maior parte da população, sobretudo a das periferias. A precariedade nos serviços públicos é expressa no senso comum como “ausência do Estado” em determinada área. No entanto, busca-se afirmar que a ausência de política pública é um projeto no qual o Estado se faz presente ao negar o acesso e a oferta total ou parcial (no sentido da qualidade) de serviços essenciais. Trata-se de um projeto excludente de raiz numa sociedade escravocrata que se perpetua e que se reproduz e se especializa no espaço urbano no que pode-se chamar de necropolítica e que para se perpetuar faz uso de uma ausência de formação sociopolítica do cidadão.

Orientador(a): Cristina Pereira de Araujo
Artigo
Publicado
A Alphaville urbanismo e o ordenamento jurídico pátrio: da ilegalidade para a aparente legalidade

ARAUJO, CRISTINA PEREIRA; SILVA, LEON DELÁCIO . A Alphaville urbanismo e o ordenamento jurídico pátrio: da ilegalidade para a aparente legalidade. DIREITO DA CIDADE, v. 14, p. 305-332, 2022.

Versão em inglês:

The Alphaville urbanismo and the legal order of the homeland: from illegality to apparent legality
https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/rdc/article/view/64978
Artigo
Publicado
Colonialidad del poder, Estado-nación y el mercado global de la tierra desde el Canal Interoceánico de Nicaragua

ELVIR, M. A. M. ; ARAUJO, C.P. ; QUADROS, M. T. . Colonialidad del poder, Estado-nación y el mercado global de la tierra desde el Canal Interoceánico de Nicaragua. PatryTer - Revista Latinoamericana e Caribenha de Geografia e Humanidades, v. 5, p. 1-16, 2022.

Dissertação de Mestrado
Em andamento
Izabelly Oliveira Lins da Silva
Casa Amarela, eu ainda moro nela: os movimentos dos moradores e a transformação do bairro através da cidadania

Objetivo geral da dissertação é analisar quais os fatores de mobilização e desmobilização/arrefecimento das ações do movimento de moradores de Casa Amarela e as consequências políticas, sociais e territoriais após 1988.

Orientador(a): Cristina Pereira de Araujo
Co-Orientador(a): Izabella Galera
Organização de anais
Publicado
Caderno de Resumos do I Colóquio Internacional Sociedade, Espaço e Política

ARAUJO, C.P.; [et al...] (Org.). Caderno de Resumos do I Colóquio Internacional Sociedade, Espaço e Política. 1. ed. Recife: UFPE, FB da Silva Livros, 2021. 318p .

ATIVIDADE DE EXTENSÃO

Período: 2022 - Em andamento
A Linha do trem e a Linha da vida: despejo, pandemia e o papel da assessoria técnica popular junto ao Conflito fundiário na Comunidade da Linha, em Recife, PE

Este projeto de extensão almeja debater sobre a inserção e cooperação da assessoria técnica popular em situações e territórios que se encontram em conflito fundiário, e assim desenvolver cenários alternativos para problemas emergentes e emergenciais no campo da arquitetura, urbanismo e áreas afins em contextos de vulnerabilidade e de violações dos direitos humanos. O referencial teórico se baseia em estudos sobre planejamento conflitual, direito à cidade, assessoria técnica popular e educação popular. Neste sentido, integramos a rede de apoio da Comunidade da Linha Resiste, cooperando coletivamente para pensar alternativas guiadas pela intenção de soluções de baixo impacto, menos traumáticas para esta população e menos onerosas aos cofres públicos.

Coordenadora do projeto:

Profa. Dra. Izabella Galera ( DAU/ MDU – UFPE)

Equipe:

Adriana Borba ( DAU – UFPE)
Alice Bezerra de Mello Moura (Comunidade da Linha Resiste)
André Bezerra Campêlo ( Arquitetura e Urbanismo – UFPE)
Ana Lucia Marinho Marques ( Terapia Ocupacional – UFPE)
Daniel Arruda Weinstein Teixeira ( Arquitetura e Urbanismo – UFPE)
Idalice Vitória ( Arquitetura e Urbanismo – UFPE)
Ingrid Peixoto dos Santos ( Direito – UFPE)
Ingrid Klebyane Farias de Luna Barbosa ( Ciências Sociais – UFRPE)
Isabelle Maria de Fontes Patriota ( Geografia – UFPE)
Itallo Marques de Santana ( LEP/MDU – UFPE)
Izabelly Oliveira Lins da Silva ( LEP/MDU – UFPE)
Juliana Nobrega ( Arquitetura e Urbanismo – UFPE)
Lahys Alves ( MDU – UFPE)
Luana Paula Ribeiro Varejão ( Centro Popular de Direitos Humanos – CPDH)
Luana da Costa Silva Galindo ( Arquitetura e Urbanismo – UFPE)
Luan Silva Melo (CAUS – Cooperativa Arquitetura, Urbanismo e Sociedade/ Centro Popular de Direitos Humanos – CPDH)
Maria Luiza Pereira Gonçalves (Direito – UPE)
Maria Isabela Neves Ferreira ( Arquitetura e Urbanismo – UFPE)
Natália Farias Menelau de Almeida ( Centro Popular de Direitos Humanos – CPDH)
Otávio Augusto Alves dos Santos ( História – UFRPE)
Oséias Liverson Ferreira dos Santos ( Arquitetura e Urbanismo – UFPE)
Pedro Ernesto Chaves Barbosa (UFMS)
Raissa Gomes de Sales (LEP- UFPE)
Rita de Cássia Farias de Souza ( Arquitetura e Urbanismo – UFPE)
Tainã Macedo Pimentel ( Arquitetura e Urbanismo – UFPE)
Terezinha Francisca de Jesus (Comunidade da Linha Resiste )
Kaemely Rafany Gomes de Lima ( Arquitetura e Urbanismo – UFPE)

Nossa Galeria